sábado, 14 de janeiro de 2017

DETRAN-PE prossegue com Ação de Verão neste fim de semana

Dando continuidade às Ações Educativas de Verão, Tamandaré será a próxima cidade a receber a campanha. Realizada pela Secretaria Estadual das Cidades – SECID-PE, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, a ação – voltada para motoristas, pedestres e ciclistas que frequentam as áreas litorâneas do Estado – será realizada neste sábado, 14, entre 9h às 12h, no Centro da cidade, próximo à Panificadora Cristal.

Durante a ação – promovida pela Coordenadoria de Educação de Trânsito, com a participação da Turma do Fom Fom e Operação Trânsito Seguro (OTS), além da Operação Lei Seca (OLS) da Secretaria de Saúde do Estado – serão entregues Folders Motorista Consciente, Motociclista Consciente, Álcool x Direção, Uso da Faixa, Uso do Sinto de Segurança, Celular e Direção, Uso da Cadeirinha e Folder Operação Rota de Fuga com informações sobre valores de multas e bafômetros descartáveis. Além disso,  testes com etilômetro (bafômetro) serão realizados pela equipe da OLS.

“Atendendo determinação do governador Paulo Câmara, estamos investindo ainda mais na área educativa e ampliando as atividades para todo o estado. Com esse trabalho, ano a ano conseguimos reduzir os índices de acidentes e, consequentemente, os custos com tratamentos médicos nos hospitais públicos. Em 2017 vamos fortalecer ainda mais nossas atividades, somando ainda as ações educativas com as de fiscalizações através das Operações Trânsito Seguro - OTS e Rota de Fuga - ORF”, disse o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro.

No último sábado, 7, Porto de Galinhas recebeu a Ação de Verão, que acontecerá, também, em Marinha Farinha no dia 22/01, e em Itamaracá no dia 28/01. Ambos em parceria com a Operação Lei Seca e Departamento de Estradas de Rodagem - DER.

DADOS
Pernambuco tem sido destaque nacional nas ações de prevenção e redução de acidentes. Tomando como base os anos de 2014 e 2015, a diminuição foi de 8,2%, saindo de 46.632 para 42.807, quando também foi reduzido em 12% o número de mortes nas estradas. Quando se trata de motos e ciclomotores, entre 2014 e 2015 foi reduzido o custo hospitalar de 1,2 bilhões para 917 milhões e o número de acidentes envolvendo esses veículos em 5,5%, indo de 34.794 para 32.881, bem como em 12% o número de mortes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário