quinta-feira, 5 de maio de 2016

DER-PE inicia ações do Maio Amarelo nas rodovias do Agreste Pernambucano

Desde o dia 1º de maio, uma agenda de conscientização e educação no trânsito está percorrendo as principais Rodovias de Pernambuco. A partir desta quinta-feira, 5, o Maio Amarelo iniciará as ações principais estradas do Agreste Pernambucano. O Departamento de Estradas de Rodagem, órgão vinculado à Secretaria de Transportes, vai unir educação e fiscalização; além de desenvolver atividades com crianças, em diversos municípios.

     A ação promovida pelo DER nas Rodovias Estaduais, conta com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) , Operação Lei Seca , GERES e o Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto, que estarão trabalhando de forma integrada em ações específicas, em locais com alto número de acidentes.

    “ O trabalho de forma integrada consegue potencializar os resultados, e a população é a principal beneficiada. Temos um grande alvo de diminuir em 40% o número de acidentes nas estradas pernambucanas, em relação ao mesmo período no ano passado. Vamos intensificar as ações, e temos a convicção que podemos conseguir resultado até maiores” , disse o Chefe de Fiscalização do DER, Laurent Licari.

 Cerca de 40 agentes estão envolvidos nas operações, que além de educativa e conscientização, terão um reforço de fiscalização nas estradas. 


    O objetivo da ação é divulgar a sociedade a importância de uma maior conscientização sobre as responsabilidades nas rodovias, tanto aos motoristas, ao assumirem a direção, respeitando as leis de trânsito; quanto aos pedestres, para uma travessia mais segura.

  
“ Entendemos que o caminho para redução de acidentes  é a união entre a educação e a fiscalização. Enquanto um, tem o objetivo de trazer a conscientização no trânsito, a fiscalização vem para coibir que a imprudência, negligência e irresponsabilidade”, ressaltou Laurent Licari.

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito, criado há três anos na cidade de Indaiatuba, em São Paulo. Atualmente, 23 países participam dessa mobilização em prol da segurança viária, que atua para salvar vidas nas vias e rodovias de todo o planeta. A cor amarela foi a escolhida por simbolizar advertência no trânsito e o laço representa a preservação da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário