quarta-feira, 30 de julho de 2014

Comerciantes entregam pauta e Armando promete incluir demandas no plano de governo

PALMARES - Um grupo de comerciantes liderados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Palmares entregou, nesta terça-feira (29), uma pauta com reivindicações a Armando Monteiro (PTB), candidato a governador de Pernambuco, para soerguer e dinamizar a economia do município e da Mata Sul. Entre os pleitos está a desapropriação de terrenos para a construção de um polo industrial em Palmares. Segundo Armando, as demandas serão analisadas e devem ser incorporadas ao plano de governo, que está em fase de conclusão.

Além das desapropriações para a construção de um polo industrial, a pauta sugere a formulação de programas de estímulo à agricultura familiar; a implantação de um centro de distribuição de alimentos para auxiliar o pequeno produtor; o fomento de projetos turísticos para incluir o distrito de Serro Azul, em Palmares, no roteiro de turismo rural; entre outras demandas.

As sugestões dos comerciantes buscam suscitar novas alternativas econômicas que passam ao largo da dependência da cultura canavieira, segmento que, atualmente, está em crise no Estado. Durante o encontro, as lideranças comerciais se comprometeram em entregar a Armando Monteiro um estudo que apontará as novas opções e vocações para os municípios da Mata Sul. O levantamento deve ser concluído no final de agosto.

Para Armando, o Estado precisa adotar uma visão integrada e investir em infraestrutura e na educação, sobretudo, para dar uma guinada na atual situação da Mata Sul. O candidato a governador também defendeu uma conjugação de frentes de trabalho para alavancar a economia, fomentando novas opções econômicas para a região.

"Precisamos encontrar alternativas econômicas para Palmares e para a Mata Sul. E a sociedade deve contribuir com o Estado. Para tanto, deveremos incorporar algumas dessas demandas apresentadas ao nosso programa de governo, para que possamos adotar medidas que tornem a economia da região mais dinâmica", afirmou o candidato.

O candidato a vice da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Paulo Rubem Santiago (PDT), colocou que a situação da Mata Sul se assemelha ao estado clínico de um paciente internado na UTI. "Diante disso, precisamos atuar como uma equipe multidisciplinar, com várias frentes de trabalho, com o foco na educação", ponderou o pedetista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário