sexta-feira, 6 de junho de 2014

Armando defende desenvolvimento mais equilibrado no Estado

Araripina – Esperança e desejo de mudança foram algumas das motivações de cerca de 2,5 mil pessoas que participaram da  11ª plenária do Projeto Pernambuco 14 realizada na noite desta quinta-feira (5) em Araripina, Sertão pernambucano. O senador Armando Monteiro (PTB) e o deputado federal João Paulo (PT), pré-candidatos a governador e ao Senado, foram recebidos com alegria e com propostas da população para serem incorporadas ao seu programa de governo.

Durante três horas, os debates giraram em torno de temas como a perfuração de poços artesianos para o abastecimento d’água, policiamento na zona rural, interiorização das indústrias e melhorias na saúde. Armando Monteiro agradeceu o entusiasmo e a receptividade com que a população tem recebido o Pernambuco 14. “O projeto tem sido um sucesso de participação, as pessoas oferecem, muito animadas, suas contribuições para a elaboração do programa que vamos apresentar para conduzir o futuro do Estado”, afirmou, assumindo compromissos com o futuro da região.

“O desafio que temos para um desenvolvimento mais justo e equilibrado é construir um programa de governo que possa oferecer um compromisso firme, para que Pernambuco possa inverter essa tendência perversa que tem sido de investir mais apenas nas regiões que tem maior infraestrutura”, defendeu.

“Aqui no Araripe percebemos que o Governo do Estado não teve a presença que deveria ter e é uma região que tem problemas estruturais muito graves. É isso que observamos quando olhamos a educação, saúde, segurança pública. Quando verificamos que os filhos dessa região, que precisam de um emprego, vão para outro lugar e, ao mesmo tempo, saber que essa região tem uma potencialidade extraordinária, com o polo gesseiro, que representa algo muito importante para a sustentação do emprego”, ressaltou.

O Pernambuco 14 já visitou todas as regiões de Pernambuco e, por último, estará na Região Metropolitana do Recife. Armando ressaltou a importância de estar presente para o aprendizado e compreensão dos problemas e demandas de cada região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário