domingo, 2 de junho de 2013

Eleitores de Primavera e Santa Maria da Boa Vista escolhem prefeito


Uma estrada com apenas duas mãos, uma de ida e outra de volta, entre canaviais, leva até o município de Primavera, Zona da Mata de Pernambuco. Esta cidade é uma das quatro do estado onde a Justiça eleitoral determinou nova eleição, suspendendo o resultado da anterior. Os eleitores vão voltar às urnas no próximo domingo para, enfim, se não houver mais nenhum problema, escolherem o novo prefeito do município. Situação semelhante vai ocorrer em Santa Maria da Boa Vista e em Brejo da Madre de Deus, esta última com novas eleições marcadas para o dia 7 de julho. Já em Água Preta ainda não há uma data definida para o pleito.

O vencedor do pleito do ano passado, de acordo com as urnas, foi Rômulo César Moura Peixoto, mais conhecido como Pão com Ovo (PRTB). Ele, porém, sequer assumiu. Foi barrado pela Lei da Ficha Limpa sob acusação de compra de votos, crime ocorrido na campanha eleitoral de 2004. Na época, ele também se candidatou a prefeito, ganhando a disputa. Assumiu, mas teve o mandato cassado um ano e meio depois e, assim como agora, foi necessária a realização de nova eleição suplementar. Um fato, cujos detalhes são pouco lembrados na cidade. "Eu votei naquela época, mas não lembro porque teve outra eleição", comentou o aposentado Silvanio Coelho, um dos 10.164 eleitores de Primavera.

Impedido de seguir na disputa, Pão com Ovo decidiu lançar agora a mãe, Naza (PRTB). "Meu filho me apoia como filho e como político. Ele aconselha eu ser objetiva, falar apenas daquilo que sei. Muitas vezes, vai junto comigo para as visitas, mas quando não pode, vou com o grupo dele", disse a candidata, que trabalhou muitos anos como professora.

O principal concorrente dela é o ex-prefeito Jadeildo Gouveia da Silva, o Galego do Gás (PR). Ele foi o segundo colocado nas eleições municipais de 2012 e sua candidatura esteve ameaçada devido à uma ação da  coligação adversária, que alegava inelegibilidade por rejeição de contas públicas. Na última terça-feira (28), porém, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) analisou o caso e considerou, por 4 votos a 2, que não havia motivos suficientes para a impugnação da candidatura de Galego do Gás, mantendo assim os dois grupos políticos rivais, que se alternam no poder do município há 20 anos, aproximadamente, na disputa.

Enquanto o novo prefeito não é conhecido, o presidente da Câmara, vereador Edmilton Zacarias, o Mima da Banca (PSC), vem ocupando interinamente a prefeitura. "É uma experiência amarga. Encontrei muitas dificuldades, salários atrasados e dívidas que impediram de receber recursos federais. Além disso, não existiu transição. Mas na rua sou cobrado como prefeito", comentou o político, que foi para o Executivo com a expectativa de passar, no máximo, 90 dias.

Municípios que terão eleições suplementares

Primavera
Eleição: 2 de junho
10.238 eleitores

Candidatos
Dra. Tânia Maria (PSC)
Fernando Dentista (PDT)
Galego do Gás (PR)
Naza (PRTB)

Santa Maria da Boa Vista
Eleição: 2 de junho
27.274 eleitores

Candidatos
Antônio Pereira (PV)
Eliane Costa (PSL)
Jetro do Nascimento Gomes (PSB) - registro indeferido
Paulo Pontes (PRP)

Brejo da Madre de Deus
Eleição: 7 de julho
30.336 eleitores

Candidatos
Hilário de São Domingos (PSDC)
Roberto Asfora (PSDB)

Obs: O município de Água Preta ainda não há candidatos inscritos, nem data da eleição suplementar

Nenhum comentário:

Postar um comentário