sábado, 15 de junho de 2013

Começa hoje a Copa das Confederações. Brasil pega o Japão

Brasil e Japão fazem o jogo de abertura da Copa das Confederações. A partida será neste sábado (15), às 16h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. A seleção treinou na sexta-feira à tarde no palco da estreia para o reconhecimento do gramado. Após a vitória contra a França, o time está menos pressionado para a competição, já que não vencia uma seleção expressiva no futebol desde 2009. 

Durante a semana, Neymar mostrou o espírito de grupo que o move a Seleção Brasileira ao responder a uma pergunta sobre os jogos que está sem marcar gol. “Para mim, isso não significa nada. Claro que quero marcar gols, mas tenho que jogar também para os meus companheiros, abrir espaços. O gol surgirá naturalmente.”

Neymar falou ainda do processo de reformulação que a Seleção Brasileira está sofrendo, o que traz certa dificuldade, ainda mais às vésperas de uma competição tão importante como a Copa das Confederações.
“Todo início de trabalho é sempre difícil, ainda mais com a reformulação que a Seleção está tendo e com a qual vai disputar a Copa das Confederações. Mas estamos trabalhando bem, e o time está se entrosando, e poderemos fazer um bom papel nesta competição, que para mim é a mais importante que eu vou disputar.” 

O zagueiro Réver comentou da alegria e do reconhecimento profissional que sente ao participar da Seleção Brasileira que vai disputar a Copa das Confederações. Principalmente porque a Copa do Mundo virá no ano seguinte, e ele já tem agora a oportunidade de batalhar por uma vaga no grupo.

“Todos querem jogar. Mas fazer parte da Seleção Brasileira, em um momento tão importante, já me deixa feliz, já é uma conquista. O grupo da Copa do Mundo de 2014 está se formando e o momento é de lutar por uma vaga no grupo que está disputando a Copa das Confederações.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário