domingo, 9 de junho de 2013

Ata que condena as conta do Ex. Prefeito Gilvan Pereira não é aprovada na câmara em Saloá

Uma das poucas vezes, senão a primeira vez que se tem notícias de que, uma Ata de reunião não tenha sido aprovada na câmara de vereadores de Saloá. O fato ocorreu na última quinta (06), onde, dos cinco vereadores presentes a seção, três se abstiveram da aprovação da ata, um voto favorável à aprovação da mesma, e o presidente da casa neste caso não tem direito a voto.

O episódio deve-se ao fato de que, na visão dos vereadores de oposição Wellington e Vilma, na Ata não constava alguns acontecimentos da última reunião que são de suma importância na conjuntura do processo que se desenrola naquela casa. Quase toda a população da Saloá ficou sabendo quão conturbada e polêmica foi a reunião da terça (28 maio), da qual mesmo sem votação e no clima de muita discussão o presidente da casa proferiu as palavras de que as contas do ex-prefeito Gilvan Pereira estavam rejeitadas.

Os vereadores de oposição estão tomando todas as providências para entrarem com representação na justiça contra as atitudes do presidente da casa na condução do processo de votação das contas de 2010 do ex-prefeito Gilvan. O próprio presidente mandou os vereadores procurarem a justiça, caso a oposição entenda que tenha direito.

Os vereadores Wellington e Vilma se abstiveram de votar a Ata por acharem que faltavam algumas partes importantes, a vereadora Ana também se absteve de votar, pois a mesma não estava presente na polêmica reunião (a vereadora estava devidamente documentada e acobertada), Ana estava com seus familiares cuidando de problemas de Saúde. O vereador Ferreirinha foi o único que votou pela aprovação da Ata e o presidente Ronaldinho Birunda neste caso não tem direito a voto.


Agora é esperar as cenas do próximo capitulo.

fonte>> vereador wellington freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário