sexta-feira, 17 de maio de 2013

Pessoas com deficiência participam de curso de reciclagem em garanhuns

A Secretaria de Assistência Social vem desenvolvendo ações voltadas ao estímulo para participação e inclusão social da população garanhuense em promoção da igualdade. Desta vez, 28 crianças e adolescentes com deficiência auditiva, física ou visual estão tendo a oportunidade de participar de um curso de reciclagem com jornais e revistas. As aulas seguem até o dia 27, no prédio da Escola Dom Juvêncio de Brito, bairro Heliópolis.

Os participantes, que são estudantes da própria escola e integrantes das associações dos deficientes auditivos, deficientes físicos, visuais e da Associação de Pais e Alunos Especiais (Apae), foram divididos em duas turmas. Com o suporte de uma equipe formada por instrutor, intérprete e dois professores, eles estão produzindo objetos de decoração reutilizando páginas de materiais impressos.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Célia Sobral, as atividades possibilitam o aprimoramento de habilidades e a melhoria da coordenação dos alunos. “Nós estamos direcionando esses jovens para uma rotina saudável, incluindo-os com responsabilidade em nossos programas e projetos para que possam fazer obras de arte e se sentirem valorizados. É de grande satisfação, também, colocarmos em prática ações que se preocupem com o meio ambiente, pois estamos aproveitando jornais e revistas que iam para o lixo, mas que tomaram um destino mais bonito nas mãos dessas crianças. Nosso trabalho é para inclusão social”, ressalta Célia Sobral.

O encerramento do curso acontecerá às 10h do dia 28 deste mês, também no prédio da Escola Dom Juvêncio de Brito.

Texto: Cloves Teodorico

publicação: saloa destaca

Nenhum comentário:

Postar um comentário