sexta-feira, 12 de abril de 2013

Governador visita o Pajeú e anuncia investimentos de R$ 26,8 mi em abastecimento de água


Quinze mil famílias de 17 municípios no Sertão do Pajeú serão beneficiadas por ações de infra-estrutura hídrica realizadas pelo governo de Pernambuco em parceria com o governo federal. O anúncio está sendo feito nesta sexta-feira pelo governador Eduardo Campos, durante visita aos municípios de Carnaíba e Afogados da Ingazeira.
Os investimentos são da ordem de R$ 26.850.800 milhões para ampliar o abastecimento de água.
A visita começa no início da tarde em Carnaíba e continua em Afogados da Ingazeira. Entre as medidas que serão anunciadas, está a implantação de 119 sistemas de abastecimento de água domiciliar, beneficiando 4,8 mil famílias com investimento de R$ 16,5 milhões. Também estão previstos recursos da ordem de R$ 4,3 milhões para perfuração e instalação de 255 poços artesianos, beneficiando 5,1 mil famílias.
Na ocasião será assinada ainda a ordem de serviço para a construção de 68 barragens de parede de terra, investimento de R$ 3,2 milhões que alcançará 3,4 mil famílias. Para a construção de 100 barragens subterrâneas, que beneficiará outras mil famílias, será investido R$ 1,6 milhão.
Com recursos do Programa de Apoio ao Pequeno Produtor Rural – ProRural / SARA, a região do Pajeú também será contemplada com a assinatura de três convênios, para execução de projeto de abastecimento d'água, no valor de R$ 470 mil, beneficiando 200 famílias. Também será assinado edital para perfuração e instalação de 25 poços em sedimento, além da instalação da rede de distribuição de água para atender a 520 famílias, no valor de R$ 780,8 mil.
Em Afogados da Ingazeira, Eduardo Campos também assina a ordem de serviço para a construção da quinta Unidade Pernambucana de Atendimento Especializado (UPAE). A unidade terá mais de 2,3 mil metros quadrados de área construída e contará com ambulatório, que vai oferecer consultas em diversas especialidades médicas, além de setor de diagnósticos, com diversos tipos de exames, terapia e setor de apoio técnico e logística. No total, o investimento da Secretaria Estadual de Saúde (SES) na unidade será de mais de R$ 7 milhões. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário