sábado, 27 de abril de 2013

Achada em Nova York parte de um dos aviões dos atentados de 11/9

Parte de um dos aviões que atingiu o World Trade Center. Foto: NYPD/AFP Photo
Parte de um dos aviões que atingiu o World Trade Center. 

A Polícia de Nova York informou nesta sexta-feira ter encontrado parte de um dos aviões de passageiros que foram lançados por terroristas contra as torres gêmeas do World Trade Center nos atentados de 11 de setembro de 2001.

A descoberta de parte do trem de pouso com número de identificação da Boeing ocorreu nos fundos de uma propriedade na rua Murray, não longe do local onde ficavam os arranha-céus, informou a polícia.

"Uma parte de um trem de pouso, aparentemente de um dos aviões comerciais destruídos em 11 de setembro de 2001, foi descoberta entre a parte traseira do 51 Park Place e a parte traseira do edifício de trás, no nº 50 da rua Murray, sul de Manhattan", afirmou o porta-voz da polícia, Paul Browne, em um comunicado.

"A peça inclui um número de identificação claro da Boeing (...). A Polícia de Nova York pôs o local sob vigilância como se fosse a cena de um crime, documentando-o fotograficamente e restringindo seu acesso até que os legistas concluam sua avaliação", acrescentou.

Depois deste trabalho, "será tomada uma decisão sobre a escavação do solo para buscar restos humanos", detalhou.

Segundo Browne, pessoas que trabalhavam na propriedade descobriram o fragmento na manhã de quarta-feira e telefonaram para as forças de segurança.

Em 11 de setembro de 2001, terroristas pertencentes à rede Al Qaeda lançaram dois aviões comerciais contra as torres gêmeas, provocando sua destruição e a morte de quase 3.000 pessoas, nos ataques mais mortais já praticados em território americano.

O voo 11 da American Airlines impactou a torre norte às 08h46 locais e o voo 175, da United Airlines bateu na torre sul às 09h03, diante dos olhares de milhões de pessoas em todo o mundo que acompanhavam ao vivo pela TV as informações sobre o primeiro ataque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário