domingo, 7 de outubro de 2012

Vettel vence e cola de vez em Alonso em dia de pódio de Massa e Koba

E não é que a sorte, grande companheira durante toda temporada 2012, resolveu dar as costas a Fernando Alonso em Suzuka? As bandeiras amarelas, que atrapalharam seu treino classificatório no sábado, eram apenas o indício de um fim de semana de prejuízo para o líder do campeonato. “Quem sabe temos mais sorte no domingo”, disse Alonso. Doce ilusão. O espanhol exagerou na largada, tocou a roda traseira esquerda na asa dianteira de Kimi Raikkonen, teve o pneu furado e acabou abandonando a prova.
A sorte, que parecia estar com o piloto da Ferrari, mudou de lado: foi para Sebastian Vettel. O alemão da RBR - que havia contado com a quebra de Lewis Hamilton para vencer a prova anterior, em Cingapura - foi perfeito no GP do Japão: fez a pole, manteve a ponta na largada, liderou a prova inteira, fez a melhor volta e venceu, completando o chamado “Grand Chelem”, algo raro na F-1 (foi a segunda de Vettel, a primeira dele foi no GP da Índia de 2011). De quebra, fez diferença de 29 pontos para Alonso praticamente virar pó. 
Restando cinco provas para acabar a temporada, o placar é de 194 x 190 para o espanhol. Com Lewis Hamilton e Raikkonen distantes na classificação, os dois bicampeões do grid agora devem protagonizar um duelo particular para ver quem fica com o terceiro título mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário